22 de Outubro de 2017 - Mossoró estreia na Segunda Divisão com goleada sobre o Palmeira

20 de Outubro de 2017 - ABC vence Náutico fora de casa pela Série B

19 de Outubro de 2017 - FNF anuncia Campeonato Potiguar sem finais de turno no conselho técnico

18 de Outubro de 2017 - Conheça a bola oficial do Campeonato Potiguar 2018

\\ NOTÍCIAS

“Situações de ABC, América e Globo são reversíveis”, diz presidente da FNF Quinta, 10 de Agosto de 2017 às 12h52

O último final de semana foi de tristeza para o futebol do Rio Grande do Norte. Com três times representando o Estado nas Série B e D do Campeonato Brasileiro, os torcedores potiguares viram todos os seus clubes saírem derrotados de campo nos jogos realizados no sábado e no domingo. O ABC, representante norte-rio-grandense na segunda divisão, perdeu para o Ceará no Frasqueirão por 1 a 0, enquanto que América e Globo, na Série D, foram superados por Juazeirense-BA e URT-MG por 3 a 0 e 1 a 0, respectivamente, dificultando suas vidas para o jogo da volta.

Pensando em analisar a situação, o Agora Jornal contatou o presidente da Federação Norte-Rio Grandense de Futebol (FNF), José Vanildo, para comentar o momento dos três times potiguares nas divisões do Campeonato Brasileiro. Na visão do mandatário, que também ocupa cargo na Confederação Brasileira de Futebol (FNF) e é ex-secretário de esportes de Natal, as situações dos times são ‘plenamente reversíveis’, inclusive a do América, que acabou sendo derrotado por um placar mais elástico no interior da Bahia.

“Temos que reconhecer que o momento não ficou muito favorável para o nosso futebol depois do último final de semana, no entanto, nada está perdido. O ABC passa por dificuldades naturais e creio que tem total capacidade de sair da zona de rebaixamento. Foi feito um levantamento dizendo que o time precisa de 30 pontos, mas creio que isso depende bastante dos desempenhos dos demais clubes. O número pode aumentar ou diminuir, é relativo. Precisamos ter essa análise. Hoje a diferença é só de 6 pontos, o que garante que a situação é plenamente reversível”, analisou.

Sobre os casos de América e Globo, José Vanildo também reconheceu as dificuldades que serão enfrentadas, mas revelou ter confiança na remontada das equipes. Falando especificamente do Alvirrubro da Rodrigues Alves, o presidente destacou a força que a torcida vai dar no dia do jogo e também a participação direta dos dirigentes do clube, que compõem a atual diretoria de futebol e é responsável pela campanha americana na Série D. Justamente por isso, acredita na reviravolta.

“Vejo os dois com possibilidades reais de classificação, até porque os mandos e os desempenhos técnicos deles foram melhores que seus adversários na classificação geral da Série D. Apesar da dificuldade aparente do América, que tem uma desvantagem de três gols, não me conformo em não pensar que ele poderá reverter este quadro. Vejo que é totalmente possível, justamente pela presença que vamos ver da torcida, pelo esforço dos dirigentes e o mando do jogo que é fundamental, tanto em Natal no caso do América, e em Ceará-Mirim no caso do Globo”, completou o mandatário.

Caso América e Globo consigam reverter suas situações e, consequentemente, garantam o acesso para a terceira divisão do país no ano que vem, o Rio Grande do Norte terá, em 2018, nada menos do que cinco representantes disputando as mais variadas divisões do Campeonato Brasileiro. Esse detalhe anima o presidente da Federação, uma vez que representará algo em torno de 70% de participação dos clubes da 1ª divisão do Estadual também em torneios da CBF, nacionais.

“Seria algo inédito, apesar do momento difícil que os clubes vivem. Teríamos algo em torno de 70% dos clubes com calendário garantido para o ano seguinte, tanto no primeiro quanto no segundo semestre. Estamos disputando o Estadual com oito clubes atualmente, e cinco estariam com vagas em Campeonatos Brasileiros, isso sem falarmos nas três vagas da Copa do Brasil e nas duas vagas da Copa do Nordeste. Vivemos uma situação propícia para pensarmos que o ano de 2018 será histórico para o futebol do Rio Grande do Norte”, finalizou.

Com informações do Portal Agora RN

PARCEIROS